Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Mabelle Corre

Segunda Parte: Cinza XIX - Corro

Um pé na frente do outro. Respiração ritmada. Um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois um dois O vento arde em minhas bochechas, mas não paro. Aumento o passo. um dois um dois um dois um dois Correr é como uma trégua. Um sopro de ar fresco diretamente em meus pulmões. Correr deixa tudo mais leve, mais fácil, mais simples. Enquanto eu estiver correndo, está tudo bem. um dois um dois um dois Mais rápido. O músculo em minhas coxas se repuxa, mas me recuso a parar ou a diminuir o ritmo. Eu estou no controle. Eu posso resolver as coisas. Só não posso parar de correr. um dois um dois Correr clareia. Correr os deixa para trás. Correr me deixa a salvo. um dois um dois Mas eu não posso parar de correr. Se eu parar de correr eles me pegam.

Últimas postagens

Mabelle e as Mentiras

Mabelle Transborda

Mabelle e o Quarto

Mabelle e o Oceano

II - Remetente Mabelle

Mabelle e as Grades

Mabelle Desértica

Mabelle e o Esconderijo

Mabelle e a Escuridão

I - Remetente: Mabelle